Jovem Pan AM

Jovem Pan: Entrevista com Flauzilino Araújo dos Santos, presidente da ARISP

A medida Provisória 656 entrou em vigor dia 7 de novembro e reduz de 14 para quatro os procedimentos para o registro de propriedades.

A nova lei do registro de imóveis facilitará negociações de compra e venda, mas o efeito prático valerá totalmente em dois anos. A legislação obriga que todas as pendências jurídicas sejam registradas na matrícula do bem, o que agora acelerará a liberação de crédito.

Hoje em dia, quem adquire um imóvel com pendência jurídica corre o risco de ter o negócio cancelado, e a nova MP veio para mudar esta realidade. Qualquer ação relacionada ao bem só poderá impedir a transação caso ela esteja explícita na matrícula registrada no cartório.

Em entrevista exclusiva para a rádio Jovem Pan, o presidente da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo – ARISP, Flauzilino Araújo dos Santos, disse que os cartórios estão preparados para a lei.

Para conferir a entrevista na íntegra, clique aqui. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Notícias Relacionadas



Copyrıght 2019 ARISP. All RIGHTS RESERVED.

Content
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório