A cor não tem fim: pinturas e tapeçarias de Jacques Douchez

Até o dia 16 de dezembro de 2018, o Museu de Arte Brasileira – MAB FAAP – realiza a mostra inédita “A cor não tem fim: pinturas e tapeçarias de Jacques Douchez”, um dos mais notáveis tapeceiros da segunda metade do século XX.

Espalhados pelo enorme pavilhão do MAB, as cores, matriz e saturação das obras artísticas de Douchez eleva a inegável sensação e estado de espírito para um único lugar na memória: o tecer de seus panos, a imaginação potente e calorosa de como suas mãos se movimentavam ao misturar obras de arte com a tapeçaria da época.

Seja pela abundância e diversidade, seja pelos seus juízos estéticos, as obras do artista são as realizações das cores acima de qualquer outro propósito, e é isso que a exposição mostra ao visitante: o lúdico e o que diverte – as cores que dão a sensação de prazer e felicidade.

Em contrapartida, rodeando o espaço, o P/B ganha vida a dar o vasão ao início do século XX, com artistas nomeados de “vanguardas”. Entre as obras, o Expressionismo advogava por uma arte na qual predominavam a reflexão e a interpretação individual dos autores sobre a natureza, a sociedade e o ser humano.

Nesta sessão, admiramos o movimento modernista e seus continuadores artistas em uma produção extremamente contemporânea.

A entrada na exposição é gratuita, para mais informações, acesse: www.faap.br/exposicoes/acornaotemfim.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Notícias Relacionadas



Copyrıght 2018 ARISP. All RIGHTS RESERVED.

Content
nome
email
Receber e-mail? receber
não receber