TJPI

CGJ e UFPI iniciam projeto de catalogação e preservação de documentos históricos do TJPI

A Corregedoria Geral de Justiça do Estado do Piauí (CGJ-PI) e o Núcleo de Pesquisa e Memória (Nupem) da Universidade Federal do Piauí (UFPI) deram início nesta quarta-feira, 22 de abril, ao projeto de identificação, catalogação e preservação dos documentos históricos do Poder Judiciário piauiense. Servidores da CGJ-PI e pesquisadores do Nupem realizaram a coleta de documentos com valor histórico na comarca de Castelo do Piauí, uma das mais antigas do estado.

O termo de cooperação técnica assinado entre as duas instituições prevê a coleta, higienização, tratamento, catalogação, organização e digitalização dos documentos históricos das comarcas de Castelo do Piauí, Oeiras, Parnaguá, Jerumenha, Parnaíba e Campo Maior.

“Em uma visão apenas prospectiva, já conseguimos verificar um acervo dos mais valiosos para a história civil do município (de Castelo do Piauí). É urgente uma abordagem voltada para a preservação desse acervo, que, como arquivo morto, hoje está apenas depositado”, comenta o chefe do Departamento de História da Ufpi, professor Fonseca Neto.

A amostra documental coletada, e encaminhada à sede do Nupem, contém documentos dos séculos XVIII e XIX, como os primeiros registros de propriedades do município.

“É importante para a Corregedoria manter o acervo documental das unidades judiciárias e serventias extrajudiciárias organizado, higienizado e catalogado de acordo com as normas do Conarq (Conselho Nacional de Arquivos) e em observância às deliberações da Comissão Permanente de Avaliação Documental do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí”, explica Clarindo José Lopes Machado, servidor da CGJ, sobre o trabalho inédito.

Nupem

O Núcleo de Pesquisa em Memória reúne professores universitários, estudantes de graduação em História e membros externos (pesquisadores desvinculados de alguma instituição) com o intuito de conservar e digitalizar documentos históricos. O grupo tem sede no Campus Ministro Petrônio Portella, em Teresina, e reúne pesquisadores de diferentes temáticas sobre os séculos XIX e XX.

.

Fonte: Portal Universo Jurídico

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Notícias Relacionadas



Copyrıght 2017 ARISP. All RIGHTS RESERVED.

Content