Diretor da EPM é eleito para compor o Conselho Superior da ENFAM

No dia 12 de março, o desembargador Fernando Antonio Maia da Cunha, diretor da Escola Paulista da Magistratura (EPM), foi eleito pelo Pleno do Superior Tribunal de Justiça (STJ) para compor o Conselho Superior da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).

Na mesma ocasião, foram eleitos o novo vice-diretor da Enfam, ministro Humberto Martins, e os outros dois novos integrantes do Conselho Superior, ministro Herman Benjamin e desembargador federal Aluisio Mendes, diretor de Cursos e Pesquisas da Escola da Magistratura Regional Federal da 2ª Região (Emarf).

O diretor-geral da Enfam, ministro João Otávio de Noronha, destacou que a nova composição do Conselho Superior integrará ainda mais a escola às instituições congêneres federais e estaduais já que, pela primeira vez, a instituição terá dois diretores de escolas em seu Conselho Superior.

Enfam

 Vinculada ao STJ, a Enfam foi prevista na Emenda Constitucional 45 (“Reforma do Judiciário”) e instituída em 30 de novembro de 2006, com a função de regulamentar, autorizar e fiscalizar os cursos oficiais para ingresso, vitaliciamento e promoção na carreira da magistratura.

O diretor-geral e o vice-diretor, ambos ministros do STJ, são eleitos para mandato de dois anos. O Conselho Superior é composto pelo diretor-geral (presidente), pelo vice-diretor, pelo diretor do Centro de Estudos Judiciários do Conselho da Justiça Federal (CJF), por dois ministros do STJ e por quatro magistrados, representando a Justiça Estadual e a Federal equitativamente, sendo dois eleitos pelo Pleno do Tribunal, um pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e um pela Associação dos Magistrados do Brasil (AMB).

.

Fonte: TJSP

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Notícias Relacionadas



Copyrıght 2019 ARISP. All RIGHTS RESERVED.

Content
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório