Para

Incra declara área quilombola em favor de 149 famílias no Pará

O Diário Oficial da União declara área de 10.026,1608 hectares em favor de 149 famílias da Comunidade Quilombola Gurupá, localizada no município de Cachoeira do Arari (PA), no Arquipélago do Marajó.

Elaborado pelo corpo técnico do Incra e Coordenação Geral de Regularização dos Territórios Quilombolas (DFQ), vinculada à Diretoria de Ordenamento da Estrutura Fundiária do Incra, no início de 2014 o Conselho Diretor do Incra julgou improcedente o recurso administrativo interposto pelo sócio-proprietário da Fazenda São Joaquim (onde se localizam as Terras Gurupá), mantendo assim o posicionamento do Relatório Técnico de Identificação e Delimitação (RTID) da comunidade.

Desde o século XX, a fazenda passa por conflitos fundiários. Em 1983, as Terras Gurupá foram doadas ao escravo Luiz Antônio Batista da Silva, que adquiriu mais posses em torno da região. Com a regularização da doação de terras em nome de outros proprietários, o grupo acabou perdendo o acesso aos locais de extrativismo e recursos naturais.

Hoje em dia a comunidade produz por meio de roças, extrativismo, manejo de açaizais, palmito e a pesca em três ambientes naturais: várzea, igapó e terra firme.

.

*Com informações do Incra

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Notícias Relacionadas



Copyrıght 2018 ARISP. All RIGHTS RESERVED.

Content
nome
email
Receber e-mail? receber
não receber