negocios_reuniao

Jovens são a maioria dos consumidores no mercado imobiliário

Homens e mulheres jovens com renda de até R$ 2.500. Este é o perfil da maioria dos joinvilenses interessados em adquirir ou locar um imóvel na cidade, segundo uma pesquisa encomendada pelo Núcleo de Imobiliárias da Acij (Associação Empresarial de Joinville) e divulgada ontem na reunião semanal da entidade empresarial.

O estudo, realizado pela Pertencer Soluções em Gestão Empresarial, aponta que 66% das pessoas que estão procurando por um imóvel têm entre 26 e 35 anos e que 45% ganham até R$ 2.500 por mês. Os jovens consumidores utilizam a internet como principal meio de busca de casas e apartamentos: sites e redes sociais são utilizados por 52% dos entrevistados. Mas outro número chama a atenção. 10% dos compradores se baseiam em indicações, o que, de acordo com a pesquisa, revela a importância de um bom atendimento aos clientes desde a primeira abordagem.

O financiamento bancário é a forma de pagamento mais utilizada nas negociações, e por isso as imobiliárias devem estar preparadas para fazer este tipo de transação. Nestes casos, as taxas de juros variam entre 5,8% e 14,5% ao ano e são pós-fixadas. Em segundo lugar na pesquisa aparece o investimento com recursos próprios: 29% dos entrevistados disseram que vão pagar o imóvel com dinheiro do próprio bolso. O perfil traçado mostra que os joinvilenses querem realizar o sonho da casa própria. 66% dos entrevistados responderam que querem comprar um imóvel para morar, enquanto que as locações representam um percentual mais tímida, apenas 14% deles pensam em alugar casas ou apartamentos e 10% estão interessados em locar um ambiente comercial. Principais aspectos demonstrados na pesquisa -

A maioria dos joinvilenses procura imóveis para alugar no centro e na região leste da cidade, onde se concentra grande parte da população de Joinville, mas nestas regiões a oferta é menor do que a demanda. O Centro (24%) é a área mais procurada por quem quer alugar um imóvel. Porém, a maior oferta de casas e apartamentos está no Costa e Silva (23%). Já para comprar, os joinvilenses estão mais interessados em adquirir imóveis no Norte, onde, mais uma vez, a oferta é inferior à procura. O Costa e Silva (10%) e o Vila Nova (10%) são os bairros mais procurados por quem quer comprar uma casa ou um apartamento. Nestas duas regiões, há mais oferta do que demanda, como ocorre em quase toda a cidade, com exceção do Bom Retiro e do Centro.

“O estudo divulga dados interessantes para construtoras e investidores. Com ele é possível descobrir que tipos de imóveis são os mais procurados para que eles possam disponibilizar casas, apartamentos ou salas comerciais conforme as necessidades dos joinvilenses”, diz Germano Buch, presidente do Núcleo de Imobiliárias da Acij. A maioria dos joinvilenses (40%) está interessada em comprar um apartamento, mas existem mais casas à venda na cidade (demanda de 39%).

.

Fonte: Notícias do Dia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Notícias Relacionadas



Copyrıght 2018 ARISP. All RIGHTS RESERVED.

Content
nome
email
Receber e-mail? receber
não receber