Mais de 8 mil querem assumir cartórios no Paraná

Curitiba - Mais de 8,5 mil pessoas se inscreveram no concurso do Tribunal de Justiça (TJ) do Paraná, que deve preencher vagas em 503 cartórios extrajudiciais. Segundo balanço divulgado pelo TJ, são 8.256 concorrentes de provimento inicial (novos titulares) e 331 de remoção (pedido de transferência). As inscrições terminaram no último dia 18, sendo que as provas estão marcadas para 30 de março.

Conforme o TJ, a concorrência na primeira modalidade é de 15,73 candidatos por vaga, enquanto na segunda é de 1,88. O edital com os nomes de todos os participantes deve ser publicado dentro dos próximos dias. Pelas regras estabelecidas, os primeiros colocados poderão escolher as serventias que ocuparão.

Em entrevista por e-mail à FOLHA, o desembargador Mário Helton Jorge, presidente da Comissão de Concurso para Outorga de Funções Delegadas do Paraná, confirmou que a possibilidade de os candidatos acumularem pontos por apresentação de títulos em outros certames do Judiciário segue suspensa. A alteração foi solicitada por uma liminar do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que suspendeu o item do edital. “Tão logo intimado, o Tribunal de Justiça procederá todas as adequações necessárias para cumprimento de tais determinações, sem prejuízo do andamento do certame e das provas objetivas já marcadas”, disse.

A realização do concurso foi determinada em 2010 pelo CNJ, mas acabou interrompida dois anos depois, pelo próprio órgão. Na época, alguns concorrentes apontaram supostas irregularidades no processo, sobretudo na composição da banca examinadora, cujos integrantes teriam relações com candidatos ou donos de cartórios. O procedimento só foi liberado em outubro do ano passado, após o cumprimento de uma série de exigências.

Conforme já informado em janeiro pela FOLHA, contudo, os candidatos que forem aprovados em 44,33% das 503 vagas em disputa poderão não assumir seus postos. Isso porque 223 serventias, sendo 177 de provimento e 73 de remoção, possuem pendências judiciais ou administrativas anotadas.

 .

Fonte: Folha de Londrina Web

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Notícias Relacionadas



Copyrıght 2019 ARISP. All RIGHTS RESERVED.

Content
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório