Representantes do Judiciário e do Serviço Extrajudicial recebem título “Irmão Remido” da Santa Casa

A Santa Casa de Misericórdia promoveu nesta terça-feira, 10, a entrega do título de “Irmão Remido” aos representantes do Judiciário e do Serviço Extrajudicial, em São Paulo.

O presidente da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo, Flauzilino Araújo dos Santos, recebeu a honraria pelo provedor da entidade, José Luiz Egydio Setúbal, em sessão solene especial realizada no Salão Nobre da Irmandade. 

O chamado é para auxiliar no desenvolvimento secular do atendimento da Santa Casa em tos de misericórdia, porque no final de tudo o que vai importar é quantos atos de misericórdia você praticou, e não outras quantificações materiais”, afirma Santos.

Primeiro Oficial de Registro de Imóveis de São Paulo, Capital, o presidente da ARISP tem mais de quarenta anos de atividades notariais e registrais, foi Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais, do Registro de Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica e Tabelião de Notas e de Protesto. É licenciado em Estudos Sociais, bacharel em Teologia, bacharel em Direito e mestre em Direito Civil.

A juíza da 1ª Vara de Registros Públicos de São Paulo, Tânia Ahualli, também foi homenageada com o título. “É grandioso fazer parte desta força tarefa em prol da Santa Casa. O meu objetivo é representar o Judiciário na regularização urbana dos imóveis da Santa Casa, e, com isso, trabalhar no desenvolvimento de um grupo específico para usar a 1ª Vara como ferramenta eficaz e responsiva”, relata Ahualli. 

7° Oficial de Registro de Imóveis da Capital, Ademar Fioranelli, foi empossado com honra, destacando-se por relevante trajetória profissional e desempenho de atividades importantes para a sociedade. “ É com muita satisfação recebo a designação. Meu filho, Alexandre Fioranelli, mestre e doutor, tem uma formação acadêmica na Santa Casa de Misericórdia, onde ele exerce a medicina como cirurgião por mais de 20 anos. Foi na entidade que ele formou seu caráter e seu profissionalismo”, disse o registrador.

Irmão Remido refere-se ao título de importante representatividade profissional, cultural e social, quem o recebe passa a exercer função semelhante à de um conselheiro, inclusive participando, a cada três anos, da eleição do provedor e da diretoria da Santa Casa.

Também prestigiaram a solenidade o membro da mesa administrativa da Santa Casa de Misericórdia e diretor-tesoureiro da ARISP, registrador George Takeda e a tabeliã do 29º Tabelionato de Notas, Priscila Agapito, entre outros.

Os novos Irmãos Remidos empossados foram saudados pelo Irmão Mesário Carlos Augusto Meinberg.

Fundada há mais de quatro séculos, a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo é a instituição filantrópica privada mais antiga da cidade e o maior hospital da América Latina.

.

Fotos: Márcio Sayeg – ISCM-SP

Sem resposta

Deixe uma resposta
  1. ANTONIO CARLOS COSTA FONSECA
    nov 13, 2015 - 12:24 AM

    Que possam contribuir para salvar o maior hospital filantrópico do Pais. E que Deus derrame muitas bênçãos sobre toda a família santacasense.

    Responder

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Notícias Relacionadas



Copyrıght 2018 ARISP. All RIGHTS RESERVED.

Content