Registradores fluminenses participam de reunião da Comissão Especial para gestão documental do Foro Extrajudicial

No dia 3 de junho o presidente da Anoreg-RJ, Dr. Renaldo Andrade Bussière, e o Diretor de Relações Internacionais do IRIB, Dr. Eduardo Pacheco Ribeiro de Souza, participaram como convidados de reunião da Comissão Especial para Gestão Documental do Foro Extrajudicial, realizada na sede do Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro.

A Comissão Especial para Gestão Documental do Foro Extrajudicial foi criada com aprovação do Plenário do Conselho Nacional de Arquivos – CONARQ, na 60ª reunião ordinária, realizada no dia 8 de dezembro de 2010, com o objetivo de propor ações e procedimentos para a modernização, organização e gestão documental dos acervos dos Cartórios de Registro de Imóveis da Amazônia Legal, de conformidade com os dispositivos previstos na Resolução n º 110, de 6 de abril de 2010, do Conselho Nacional de Justiça. Integram a dita Comissão Especial:

  • Marcelo Martins Berthe, Juiz Auxiliar da Presidência do Conselho Nacional de Justiça e Coordenador do Comitê Executivo do Fórum de Assuntos Fundiários (presidente);
  • Antonio Carlos Alves Braga Junior, Juiz Auxiliar da Presidência do Conselho Nacional de Justiça;
  • Flauzilino Araújo dos Santos, 1º Oficial de Registro de Imóveis da Capital do Estado de São Paulo e Presidente da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo;
  • Sérgio Jacomino, 5º Oficial de Registro de Imóveis da Capital do Estado de São Paulo;
  • Jayme Spinelli Júnior, Coordenador de Preservação da Fundação Biblioteca Nacional;
  • Silvia Ninita de Moura Estevão, Gerente do Sistema de Informações do Arquivo Nacional;
  • Carlos Augusto Silva Ditadi, especialista em preservação digital do AN e
  • Emiliana Brandão, especialista em conservação preventiva, do Arquivo Nacional.

O Projeto nasceu da iniciativa do Conselho Nacional de Justiça, em parceria com o Arquivo Nacional e a Biblioteca Nacional, com o objetivo de padronizar e normatizar os procedimentos relacionados à gestão documental do Foro Extrajudicial.

No dia 3 de junho foram desenvolvidas as seguintes atividades: a) Visita ao Laboratório de Microfilmagem do Arquivo Nacional; b) Exposição sobre o S-REI (Sistema de Registro Eletrônico Imobiliário) pelo LSI-Tec – Volnys Barral; c) Exposição sobre o Sistema de Autenticação Digital pelo ICP-Brasil – Manuel Matos; d) Exposição sobre a Norma Brasileira de Descrição Arquivística pelo Arquivo Nacional – Vitor Manuel Marques da Fonseca.

Apesar de voltadas as atividades para a Amazônia Legal, certamente as conclusões da Comissão Especial terão seus efeitos irradiados para todo o Brasil. Os temas são da mais alta relevância: o registro eletrônico e a gestão documental dos serviços registrais.

Os registradores fluminenses se colocaram à disposição da Comissão para colaborar no que forem solicitados e demonstraram seu interesse em acompanhar os trabalhos, reconhecendo a importância dos estudos que estão sendo desenvolvidos com seriedade e competência por profissionais do mais alto gabarito.

Fonte: ANOREG/RJ

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Notícias Relacionadas



Copyrıght 2019 ARISP. All RIGHTS RESERVED.

Content
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório